ONU cobra presença e empenho de países no combate ao racismo

20/04/2009 at 9:15 pm Deixe um comentário

Genebra – “Quem disse que seria fácil?” A pergunta do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki Moon, se referia à luta contra o racismo no mundo, mas também pode ser aplicada ao primeiro dia de discussões da Conferência de Revisão de Durban.

Depois de um final de semana marcado por anúncios de boicotes, a abertura do encontro teve incisivas declarações dos representantes das Nações Unidas, que condenaram a ausência de países como os Estados Unidos e avaliaram como insuficientes as políticas de combate ao racismo, discriminação, xenofobia e outras formas de intolerância.

“A discriminação não acaba por si só. Deve ser enfrentada Precisamos nos manter especialmente vigilantes durante esses tempos de crise econômica”, alertou Ban Ki Moon. “A relação entre pobreza, subdesenvolvimento e discriminação é clara. A Conferência de Revisão é uma oportunidade para fortalecer nossos propósitos e reafirmar nossos esforços comuns.”

Essa união de esforços, no entanto, segue comprometida na ONU. O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, discursou contra Israel e o sionismo, provocando a saída de representantes europeus da sala das assembléias e protestos de ativistas vestidos de palhaços.

Ainda no primeiro dia da conferência, a República Tcheca anunciou que se retira do encontro, seguindo outros países europeus como Itália, Alemanha, Holanda e Polônia.

A União Européia, no entanto, permanece na revisão, já defendida pelos 22 representantes de países e conselhos internacionais que discursaram nesta segunda-feira nas Nações Unidas.

Entre eles, o ministro da Defesa, Justiça e Seguridade de Botswana, Dikgakgamatso Seretse. Em seu discurso, ele se opôs ao silêncio dos países europeus às inúmeras manifestações de racismo e intolerância que surgiram e até mesmo permaneceram após o holocausto, como o apartheid na África do Sul.

Anúncios

Entry filed under: Sem categoria. Tags: , , , , , .

Países da Europa e EUA recusam luta contra racismo Documento principal pode ser aprovado nesta terça-feira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


No Twitter

Feeds

Visitas ao Blog

  • 19,395 visualizações

%d blogueiros gostam disto: